Força verde: Palmeiras e Goiás estão na frente após rodada do final de semana

26ª rodada do brasileirão

28/09/2009 - 09:09

A ponta da tabela do Campeonato Brasileiro ficou mais verde após a 26ª rodada. Em mais uma rodada sem vitórias dos ameaçadores São Paulo e Internacional, Palmeiras e Goiás dividiram os agradecimentos e ganharam terreno na classificação. O time do técnico Muricy chegou a 50 pontos após derrotar o Atlético-PR por 2 a 1, no sábado, em partida que teve o zagueiro Danilo como destaque. Curiosamente, o defensor alviverde só pôde ser escalado com o pagamento de uma multa contratual de R$ 100 mil a seu ex-clube, o Furacão.

 

- Nosso time foi valente. Sabíamos que seria difícil, que iríamos sofrer. Jogamos na quarta, contra o Cruzeiro, fora de casa, e foi desgastante. Mas valeu mais uma vez o espírito do time, que está muito consciente e trabalhando duro – disse o treinador palmeirense.

O Esmeraldino, por sua vez, se aproveitou do mau aproveitamento do
Grêmio fora de casa e de um desvio mal feito pela zaga tricolor, no Serra Dourada, para vencer de virada por 2 a 1 e, com 45 pontos, assumir a vice-liderança.

 

- Conquistamos uma vitória na base da vontade mesmo. Agora precisamos descansar um pouco e já pensar no jogo de quinta - ressaltou Iarley, referindo-se ao jogo de volta contra o Cerro Porteño, do Paraguai, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. A equipe precisa vencer por três gols de diferença no Serra Dourada para avançar na competição.

Com a mesma pontuação, mas com menos vitórias - 12, contra 13 dos goianos - o São Paulo empatou com o Corinthians no clássico paulista e caiu para terceiro. O resultado não agradou a nenhuma das duas equipes, mas os corintianos – que seguem longe do G-4, em nono – puderam comemorar o primeiro gol de Ronaldo após seu retorno ao time. O Fenômeno se aproveitou da falha bisonha do zagueiro André Dias e abriu o placar no Morumbi. Washington arrancou o empate para os são-paulinos.

 

- Não quero tirar a minha responsabilidade. Acredito que o Bosco tenha falado para deixar para ele, mas, com o estádio cheio e muito barulho, eu não escutei. Foi uma jogada incomum, nunca tinha acontecido na minha carreira – lembrou André Dias.

 

No Beira-Rio, o Internacional teve a forte chuva e o campo encharcado como desculpas para não conseguir superar a defesa do Flamengo – que não sofre gols há cinco jogos, desde que o ex-colorado Álvaro entrou na equipe.

 

- Vou me posicionar não como técnico do Inter, mas como ser humano, professor de educação física e ex-atleta. É um crime o que aconteceu. Ainda bem que as duas equipes foram de uma lealdade extraordinária. Um atleta que erra um tempo de bola, embala com velocidade e não consegue parar arrebenta o cara no meio. Aí arrebenta um Eller, um Taison, um Alecsandro, e qual o prejuízo? E se arrebenta um Adriano, um Álvaro, um Pet? Tem que ter bom senso. Era impraticável – reclamou Tite.

 

E o time de Adriano também sofreu no duelo com o gramado alagado e as equipes não saíram do 0 a 0. O Fla segue na oitava colocação, enquanto os gaúchos caíram para a quarta colocação e, empatados em pontos (44) com o Atlético-MG, se seguram pelas pontas dos dedos no G-4.

 

- Fizemos o que deu para fazer. Com o gramado assim, fica difícil. As duas equipes estão de parabéns pela determinação que mostraram. O ponto fora de casa foi bom. A situação era essa: não levar gol. Está bom - disse o Imperador à Rádio Globo.


Veja a lista de artilheiros do Campeonato Brasileiro

 

O Galo deu novo sinal de vida, ao vencer o Santos, no Mineirão, por 3 a 1. Diego Tardelli comandou o triunfo atleticano sobre o Peixe, que segue na 12ª posição.

Sem times na ponta da tabela, o Rio de Janeiro acabou servindo de palco para a maior ascensão e a maior queda da rodada. No Engenhão, o Vitória surpreendeu o
Botafogo por 3 a 1 e ganhou três posições na tabela, chegando à sétima colocação. A marca negativa ficou para o Avaí, que trocou de lugar com os baianos no décimo lugar da tabela, ao ser derrotado pelo Fluminense por 3 a 2. O bom resultado do Tricolor – único carioca a vencer na rodada - pôs fim à sequência de oito partidas sem vencer na competição, mas não tirou o time do técnico Cuca, com 21 pontos, da lanterna, já que o Sport, 19º colocado, derrotou o Santo André, por 2 a 1, e chegou a 23.

O Leão recifense acabou ajudando o arquirrival
Náutico a seguir fora da zona de rebaixamento. Com 26 pontos, o Timbu foi derrotado pelo Coritiba por 2 a 0, mas manteve a 16ª colocação, com um ponto a mais que o Ramalhão, 17º.

 

No sábado, o Cruzeiro voltou a estar envolvido em uma polêmica de arbitragem, mas trocou de lado. Após as duras reclamações da Raposa contra a atuação do árbitro Evandro Rogério Roman na derrota para o Palmeiras, Gilberto, em posição irregular, garantiu a vitória celeste por 1 a 0 sobre o Barueri. Os mineiros seguem em 13º, e os paulistas em 11º.

 

 

Resultados da 26ª Rodada

 

1

Palmeiras

50

2

Goiás

45

3

São Paulo

45

4

Internacional

44

5

Atlético-MG

44

6

Grêmio

39

7

Vitória  

39

8

Flamengo

38

9

Corinthians

38

10

Avaí

37

11

Barueri

36

12

Santos

36

13

Cruzeiro

35

14

Atlético-PR

31

15

Coritiba

30

16

Náutico

26

17

Santo André

25

18

Botafogo

25

19

Sport

23

20

Fluminense

21

 

 

Fonte:
Bookmark and Share