Vereadores de Pedro II comentaram na sessão sobre o adiamento das aulas no município



15/02/2011 - 11:02

Com a plenária lotada de servidores municipais, a sessão da câmara de vereadores de Pedro II de segunda- feira dia (14/02), foi bastante tumultuada, o assunto principal discutido por eles foi o adiamento das aulas no município, uma decisão do SINDSERME, Sindicato dos Servidores Municipais, que decidiram em assembléia adiar o período letivo alegando vário motivos um deles atraso de salário.

Quem se pronunciou sobre o caso foi a vereadora Sheyla Nogueira, que em discussão com um dos vereadores de oposição disse ser a favor da greve, mas os alunos não podem ser prejudicados e citou até o artigo da lei que garante o direito de greve. "A lei garante a greve, mas os alunos não podem ser prejudicados, por isso é preciso haver um bom censo dos servidores". Comenta a vereadora.

Em entrevista ao Jornal da Imperial desta segunda dia (14/02), o procurador do município de Pedro II Dr. Ranskelce deixou bem claro que os motivos alegados pelo sindicato não justificam o adiamento das aulas e que os alunos não podem ser prejudicados. " os motivos alegados pelo sindicatos são inverídicos, os servidores não estão com salários atrasados". Afirma o procurador.

Fonte: