Rio Longá sobe em Esperantina e desabriga 21 famílias; Prefeito decreta estado de alerta


Esperantina em alerta por conta das chuvas

26/01/2011 - 06:01

O prefeito de Esperantina, Chico Antônio, decretou estado de alerta por conta das chuvas no município, 174 quilômetros ao Norte de Teresina. As águas do rio Longá subiram quase dois metros em cinco dias. Além das famílias desabrigadas, o temor de uma nova enchente como as de 2008 e 2009 e da queda da ponte que leva a Bataha preocupam moradores e gestores.

A Prefeitura enviou documento ao governador Wilson Martins (PSB) solicitando apoio do Estado. "Faço um apelo ao governador, para que envie engenheiros para ver a estrutura da nossa ponte. Ela está danificada e poderá não aguentar uma terceira enchente", disse o secretário de Defesa Civil, Patrócolo Silveira, em entrevista na tarde de terça-feira (25).

Famílias teimam em permancer em suas casas em áreas alagadas mesmo depois de duas enchentes em Esperantina

Chove há três dias em Esperantina. Segundo Silveira, o nível do rio Longá subiu de 4,5 metros no dia 20 para 6,31m dia 25. O limite para uma nova enchente é 7,5m. O alerta foi feito em função das principais chuvas ocorrerem apenas em março e abril.

Nos bairros Lago do Rio e Pedreiras já são 21 famílias desalojadas e 20 alagadoas. Os primeiros serão transferidos nos próximos dias para casas próprias no residêncial Bernardo Lago, construído para abrigar pessoas de regiões de risco.

 

Fonte: